...

Fundamentos

Minha foto
Coronel Fabriciano, MG, Brazil
Se eu pudesse escolher entre viver e morrer, eu escolheria os dois. Viveria pra ser feliz, ser eu mesma. E morreria com a satisfação de saber, que eu fui alguém, alguém feliz!

sexta-feira, 23 de julho de 2010

Ao abismo

Depois de sair em direção ao parque, eu os vi. Como eram fragéis e manipuláveis! Havia um grupo de amigos, alguns deles se refugiavam num canto com suas garrafas de bebidas alcoólicas e passavam o cigarro dentre eles. A outra parte do grupo estava se drogando e aparentemente dizendo coisas sem sentido. A face deles era de desespero e desentendimento em relação ao que estava acontecendo, mas, eu percebi no olhar de cada um, que aquele momento era de angústia e irracionalidade, é claro que não sabiam o que estavam fazendo. Os jovens a cada dia, acabam com suas vidas por coisas sem sentido, os jovens de hoje não sabem agradecer o que tem e não valorizam as suas oportunidades. O sofrimento não ataca somente o pobre e fraco, está em todos os lugares e não escolhe a classe social, escolhe a quem se deixa influenciar, que se deixa ser escolhido pela fraqueza. Jovens são o espelho da sociedade, são a sombra do que a mídia transmite a cada dia nos noticiários e a flor da pele, eles só estão praticando o que vêem todos os dias. Só nos resta saber, o que irá acontecer com nossa geração "abjeto"?

quinta-feira, 22 de julho de 2010

Sonhadores

Saudade o que é que você faz com meus pensamentos. Algo ficou pra trás quando eu senti que não era o final, eu só precisava saber o que era. Meus pensamentos focavam em palavras e momentos, e de uma coisa eu tinha certeza, era saudade. Pois bem, eu quis crer que seria passageiro, mas mais do que nunca hoje eu tenho certeza de que tudo que preciso é de um sorriso teu, um abraço, não sei. A consequêcia de sentir isso é o medo de que tudo possa se desabafar mediante ao que o oposto sente, nem sempre são flores, e flores murcham. Medo talvez. As pessoas temem que o amor estrague os seus pequenos corações colados e superados de desgostos por pessoas que não deram valor em si. Pessoas que correm atrás de seus sonhos acreditam no amor, seja breve ou não. O amor não precisa ser algo doloroso e triste, só precisa ser dosado da maneira correta por sonhadores que de alguma forma, usam suas derrotas como uma eterna apredizagem e acima de tudo dão oportunidade pro amor entrar. Não se prendem, se libertam e mediante tudo isso descobrem que, sonhadores levantam, sonhadores tem fé, sonhadores sempre superam e estão abertos a novos amores. Sim, eles acreditam no amor.

Ps. que lixo.

sexta-feira, 2 de julho de 2010

Bola pra frente que em 2014 é a gente


É uma pena a Seleção Brasileira ter ido tão longe, e para as espectativas brasileiras tão pouco. As coisas sempre acontecem do jeito que tem que ser, chegamos até as oitavas de final, é quase perto da final não é mesmo? A decepção de ter ido embora, deixou hoje muitos brasileiros tristes, nervosos com o tecnico e etc. O fato é que brigar não trará o Brasil pra copa novamente, brigar não vai fazer tudo voltar... Acontece que o que nos resta agora é guardar toda nossa animação e espectativas para a próxima copa que terá como sede o nosso Brasil, e eu espero de imensa fé, que os brasileiros valorizem mais o que tem e o que conquistaram. Alguns guerreiros dão o sangue, outros só um pouco, o que talvez, não foi o suficiente pra nos classificarmos para as quartas. Muitos julgamentos, até preciptados e pessimistas de quase todo o Brasil, e para enfim todos os resultados, "taí" o que todos "torciam" pra acontecer, Brasil desclassificado, como é? Incopetência, burrice e tudo que todos desabafam nesse dia de choque e tristeza. O que podemos fazer é esperar mesmo por um bom desempenho da Seleção em 2014 e pra mim, o que mais falta nesse Brail é O T I M I S M O e C O N F I A N Ç A, são palavras que trazem vitórias, conquistas e ao contrário delas, trás o que todos já conhecem, sobrenome hoje da COPA em que o Brasil participou, que é semelhante á fracasso. Bola pra frente que em 2014 é a gente, todos caem, bons são os que levantam!